Os miseráveis- o filme

O filme apresenta uma história baseada no clássico de Victor Hugo que tem o mesmo nome. Nela, um ex-presidiário francês Jean Valjean muda completamente seus valores depois de ficar preso durante 20 anos por ter roubado comida. A obra é fascinante pela riqueza de detalhes emocionais de seus personagens e pelo contexto histórico, já que nessa época a população francesa sofria muito com a falta de recursos e qualidade de vida.

Jean se torna um homem bondoso e paciente depois de ser orientado por um bispo. Ele rouba algumas pratarias da casa do bispo e depois de ser preso pela polícia é perdoado pelo religioso.

A vida de Jean muda tanto que ele se torna prefeito depois de mudar a sua identidade. Dessa forma ele é respeitado por todos, já que estes não imaginavam que era um presidiário.

O drama da história começa quando a polícia começa a investigar a vida dele depois de receber uma denúncia. Ele é perseguido durante muito tempo por um investigador que o reconheceu da época em que era presidiário.

Apesar de tudo Jean ainda demonstra que mudou porque tem várias chances de matar o investigador que o persegue, mas não o faz. Ele conhece uma ex-operária chamada Fantine que sofre o preconceito da sociedade francesa por ter se transformado em prostituta depois de perder o emprego. Ela recebe ajuda de Jean, mas morre e pede que ele cuide da filha dela, Cossete.

Nesse momento a vida de Jean sofre mais mudanças porque ele abandona o posto de prefeito para fugir e cuidar de Cossete. Com outra identidade, ambos passam cerca de dez anos dentro de um convento: ele como jardineiro e ela se preparando para ser freira.

Entretanto aos 16 anos Cossete informa a Jean, que ama como se fosse seu pai, que não quer ser freira. Eles tentam ter uma rotina normal em Paris, mas novamente são perseguidos pelo mesmo investigador de anos atrás. O contexto histórico dessa época é uma França que passa por uma revolução organizada pelo povo que pedia a instauração da República.

 62d4hn5

Have fun 😉

Anúncios

9 comentários

  1. Eu vi esse filme recentemente. Durante os seis meses anteriores segurei a vontade de alugar e li os dois volumes da Obra de mesmo nome; posso assegurar que Os miseráveis é um dos livros mais envolventes que já tive oportunidade de ter em mãos (me refiro às edições de texto integral). Felizmente, “li antes que vi”; A adaptação se mostrou muito aquém da obra escrita. Claro, aí se pode alegar que ” película nunca pode reproduzir totalmente a profundidade da obra escrita”; a questão é que o filme acaba por não manter determinadas características de alta relevância para o desenvolvimento do enredo, procurando ainda distorcer e inserir fatos que de forma alguma poderiam acontecer com os mesmos personagens na obra literária (ou seja, personagens principais são suprimidos e relações entre protagonistas são alteradas de forma drástica, reduzindo de forma significativa características psicológicas que o autor enfatiza no livro. O problema maior é que o filme, além de não procurar fidelidade aos escritos de Victor Hugo (o mesmo com certeza nao reconheceria seu livro na tela), apresenta sérios problemas de produção, um roteiro fraco e o pouco aproveitamento de atores de renome. O único ponto de destaque na produção talvez seja o figurino e a reprodução de Paris da primeira metade do século 19. Portanto, particularmente eu recomendo leitura da obra integral (a edição da Coleção de Pocket Books da Editora Martin Claret já é uma boa), assistir à série francesa de mesmo nome (com Gerrad Depardieu no papel de Jean Valjean) e uma estudada para procurar entender O Romantismo Francês na Literatura de Victor Hugo.

    *O Post tá longo, mas é porque o assunto é interessante
    *Teu blog está bem gostoso de ler; sempre que posso dou uma olhada, mas é a primeira vez que escrevo. Beijos minha querida.

    Curtir

  2. E O FILME NAO E MUITO BOM EM COMPARAÇAO COM O LIVRO,NO FILME APARECE O JEAN VALJEAN BATENDO NA COSSETE E NO LIVRO JAMAIS ELE DEU UM TAPA NELA,E COLOCA ELE APAXONADO PELA MAE DA COSSETE ( ESQUECI O NOME DELA ), E NO LIVRO O VITOR HUGO NAO DIZ NADA , ENFIM O LIVRO E MELHOR!!!!!

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s