Sexo, vida, cultura e arte

* As meninas e os meninos iniciam a vida sexual bem cedo com seus primos; Elas, com alguém da mesma idade. Eles, com uma prima mais velha.

* Ter relacionamento com mais de um parceiro é normal;

* O homem ter duas esposas é normal também;

* Eles não tomam banho e esfregam bem a pele para sair a sujeira;

De quem estou falando? Das pessoas da etnia Hereros, que moram no Sudoeste da Angola. Eu tive a oportunidade de conhecer um pouco sobre a história delas por meio da exposição “Hereros – Angola”, do fantástico fotógrafo Sérgio Guerra, no Museu Nacional Honestino Guimarães, em Brasília.

Além das fotografias, há objetos e vídeos sobre a etnia. Há algumas declarações bem pessoais de alguns deles. É nesse momento que você realmente “entra” na história e fica mais impressionada ainda por saber que é real.

São famílias lutadoras, que estão isoladas na própria Angola. Graças a essa iniciativa do Sérgio Guerra e sua equipe podemos ter acesso à história dos Hereros. É um choque de realidade para nossa sociedade (ao mesmo tempo com alto índice de analfabetismo funcional e tão tecnológica). Vi que alguns costumes deles têm algo em comum com indígenas e com muçulmanos também. Uma cultura fantástica!

 

Captura de Tela 2013-12-13 às 7.40.48 PM

Captura de Tela 2013-12-13 às 7.40.55 PM

Captura de Tela 2013-12-13 às 7.41.04 PM

Captura de Tela 2013-12-13 às 7.41.12 PM

 

Serviço:

A exposição está aberta ao público de terça a domingo, das 9h às 18h30. A entrada é franca.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s