Resenha do filme Insurgente

“A ferrada por um Tris” (Shailene Woodley) e Quatro (Theo James) vivem a história de uma fuga intensa. Fugindo de quem minha gente? Da Jeanine/Rose que não tem mais o Jack para salvá-la (Kate Winslet).

Logo que comecei a assistir o filme Insurgente me lembrei da Shailene em A Culpa é das estrelas. Foi até difícil se concentrar no atual filme e não ficar lembrando do antigo. Complicou mais por eu ainda não ter assistido Divergente (o primeiro filme da série).

Vi uma mistura de cenário futurista com culturas bem antigas. O mundo é dividido em facções. Tris e Quatro só fazem uma coisa o filme inteiro: fogem, fogem…

A Tris é um tipo de símbolo da revolução e, por isso, é procurada por Jeanine. Tem muitas cenas de luta com direito àqueles efeitos sonoros que todo mundo já sabe que vai acontecer algo “assustador”…

Captura de Tela 2015-03-29 às 8.19.47 PM

Agora quero ver o primeiro filme! Fora isso fiquei bastante surpresa com a mudança da Kate Winslet. Dezoito anos depois que vi a atuação dela no Titanic, essa foi a primeira vez que a vi novamente.

Have fun! 😉

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s