Resenha do filme Pássaro branco na nevasca

Filme louco! Filme sem noção mesmo.

Esqueceram os efeitos sonoros do filme. Aí tem cena que é de suspense e a trilha não muda. Aí você faz o que? Nem imagina o que vai acontecer e o fato passa com aquela sensação de que está faltando algo.

A mãe da personagem Katrina (a nova Meg Ryan, pois está em todos os filmes: Shailene Woodley) sumiu e é a grande interrogação do filme. O nosso papel é tentar ligar os fatos e entender as pistas.

Você pensa:

  • Ela fugiu com um amante
  • Ela fugiu sozinha
  • Ela se matou
  • Ela ficou rica e deixou a família?

Não farei spoiler, mas pode ser qualquer coisa. É uma receita simples, mas o diretor ignorou e conseguiu estragar tudo. Realmente não gostei!

A única coisa boa é a trilha de músicas do final da década de 80 e início de 90. O efeito frizz que fizeram no cabelo da Shailene para uma noite na boate também ficou bom. Este parágrafo resume o que gostei.

Vi outras resenhas desse mesmo filme provavelmente de fãs da nova Meg Ryan que super elogiaram. Quer assistir? Boa sorte.

 

 

.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s