Resenha – O pássaro azul

“O pássaro azul” me lembrou o Mágico de OZ nos efeitos e na narrativa em que todos precisam encontrar algo para que o bem aconteça. Antes mesmo de pesquisar sobre o filme eu já tinha percebido isso. Em seguida encontrei artigos citando que ele foi justamente uma resposta ao estúdio que produziu Mágico de OZ.

Captura de Tela 2015-11-08 às 2.42.26 PM

A história é de uma dupla de irmãos que parte em uma aventura para encontrar um pássaro azul. Eles passam pela terra da memória, da fartura, do futuro e outras. Em cada uma um desafio que os faz se atrasar cada vez mais para aquilo que realmente precisam fazer.

Durante essa jornada são apresentadas histórias de bondade e de inveja. A simplicidade do filme faz com que ele seja ainda mais interessante!

O contexto histórico em que o filme se passa é durante a época de Napoleão Bonaparte. Mostra uma população bem humilde e com famílias que sofriam com os anúncios de guerra.

O filme é baseado no livro “L’Oiseau bleu”, de Maurice Maeterlinck. Foi publicado em 1908. Ficou curioso? Leia esta versão em PDF (en français).

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s