Resenha Jogos Vorazes – A Esperança – parte final

Surpreendente pela expectativa da história em si, mas não pelo produto final. Assistir a última parte de Jogos Vorazes – A Esperança me deixou tensa em alguns momentos. O fato de não ter lido nenhum livro me deixou sem preconceitos.

As alucinações de Peeta fazem com que uma hora você torça para que ele fique bom logo e às vezes queira que ele se torne logo um vilão em pleno fim de saga. A Katniss continua fantástica com seu espírito de liderança e suas estratégias.

Aos poucos vai se percebendo que Coin e Snow não são tão diferentes assim. Afinal governar também tem seu preço. E tanto no filme quanto na vida real a qualidade de vida da população não é prioridade. As pessoas continuam pagando com suas vidas em nome de estratégias de guerra. Diferente da realidade?

Com certeza este filme foi bem melhor o último (que foi pura enrolação para poder dividirem o final em duas partes), mas não alcançou aquilo que prometia nas duas primeiras edições! Ele apresenta desenvolvimento mediano das consequências.

Ainda sim achei que algumas cenas de lutas em que alguns integrantes do grupo de Katniss morreram foram bem frias. Eram pessoas com que ela tinha um “histórico” e após a sua morte tudo continuou normal. Parece que “adiantaram” essas possíveis cenas para finalizar logo o filme.

E você? Gostou? Fim dos jogos de guerra, de política, de amor, de amizade 🙂

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s