The fall

Viciada em séries da BBC. “The fall” é um pouco clichê. Um “pai de família”, Paul Spector, começa a matar várias mulheres de uma cidade pequena da Irlanda. Ele as estrangula, rouba peças de lingerie e leva mechas de cabelo. Why?

Stella Gibson é apresentada como uma oficial da polícia responsável pela investigação dessas mortes. Todas são jovens, foram estranguladas e deixadas na cama como se fizessem uma pose.

Fall-Katie-and-Spector

É possível conhecer um pouco do perfil psicológico do Paul. Ele mata de forma fria, mas em casa é um marido carinhoso e um pai atencioso para seus dois filhos. Ele também trabalha como terapeuta (!!) e até ajuda uma de suas pacientes a denunciar seu marido por violência. Mais contraditório impossível!

Também é possível conhecer uma Stella Gibson livre que tem relacionamentos com outros oficiais casados. Ela possui conflitos, principalmente, por se sentir desafiada a descobrir que é o assassino.

Essa série (com suas duas temporadas) está disponível no Netflix. Vale demais. Eu só assistia durante o dia, pois não sou obrigada a sonhar com psycos  =)

Anúncios

4 comentários

  1. Urrul, acordo e dou de cara com vc falando de uma das minhas séries favoritas (daquelas que, ante uma crise no sinal do wi-fii, eu começo a rever em maratona rs). Na época que a Globo passou ‘Dupla Identidade’, lembro de gente no facebook comentando as semelhanças entre a nacional e ‘The Fall’. Aí quando baixei a série da Glória Perez, acabei ficando curioso por conhecer a ‘original’.

    O louco é que há sim alguns pontos de semelhança, mas no decorrer as duas se mostram bem diferentes (ainda bem né). Além de ter aberto minha cabeça pra séries de fora do ‘eixo’ Brasil-EUA (ahahahha), ‘The Fall’ também serviu para eu conhecer uma das minhas maiores ‘ídolas’ que é esta fenomenal Aisling Franciosi – quem mais ficaria inesquecível ao aparecer apenas alguns minutinhos, ainda mais sob pesada maquiagem, em GoT?? (suspiro) rs

    Curtir

  2. Eu não curto muito novelas da Globo (já curti), mas nessa linha de dramaturgia menos extensa eles costumam ousar mais e acertar bastante – vide Amores Roubados, Gabriela, a própria Dupla Identidade…
    Não conheço The Paradise. Da BBC eu recomendo Quircke, outra com a Aisliing Franciosi (depois do The Fall eu vejo tudo onde ela aparece ❤ )

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s